Cultura franciscanaEntrevistas › 02/10/2016

Frei Claudino fala sobre o Tempo franciscano

Claudini_080916_gMoacir Beggo

“Na educação, o segredo é não querer falar tudo de São Francisco a todo instante”, ensina o coordenador de Ensino Religioso da Associação Bom Jesus, Frei Claudino Gilz, ao explicar, nesta entrevista, como vai ser o “Tempo Franciscano” de 2016 nas unidades do Colégio Bom Jesus. Neste ano, o pano de fundo desta formação é o Cântico das Criaturas, com um roteiro de atividades que tem início no dia 12 de setembro e se estende até 14 de outubro.

Na frente deste projeto está Frei Claudino, que além de coordenador do ensino religioso no Bom Jesus, representa a entidade na diretoria da ANEC (Associação Nacional de Educação Católica – gestão 2014-2017). Hoje, com 25 anos de vida religiosa franciscana e quase 19 anos de sacerdote, Frei Claudino é pedagogo e mestre em Educação pela PUC-PR e atualmente cursa o Doutorado em Educação pela Universidade São Francisco (Itatiba – SP). Conheça mais o projeto!

Site Franciscanos - Qual a proposta do “Tempo Franciscano” 2016?

Frei Claudino - A proposta do Tempo Franciscano 2016 decorre da própria missão do Colégio Bom Jesus, ou seja, promover a formação integral de cada aluno de acordo com os princípios cristãos e franciscanos. Neste ano de 2016, o tema escolhido para o Tempo Franciscano foi: “Com São Francisco de Assis no Cântico ao Senhor e às Criaturas da Casa Comum”. Tema esse assim definido com base no “O Cântico do Irmão Sol”, escrito pelo próprio São Francisco, entre 1224 e 1225. Vale dizer, é um dos principais textos escritos por São Francisco que chegou até nós. Por meio de tal escrito, Francisco se apresenta ao leitor como que pessoalmente, sem intermediários, com suas próprias palavras, plenas de gratidão e louvor a Deus. Por essas e outras razões, o Cântico do Irmão Sol pode também ser aos alunos e a todos nós – envolvidos com as atividades educacionais – o ponto de partida para inúmeras aprendizagens e reflexões, o objetivo por excelência do Tempo Franciscano de 2016.

Site Franciscanos – Quando começa e termina esse “Tempo Franciscano” no Bom Jesus e a quem se destina?

Frei Claudino – Já há vários anos elabora-se um projeto para o Tempo Franciscano a ser desenvolvido em cada Unidade Bom Jesus ao longo de sete semanas com início na primeira semana de setembro até a terceira semana de outubro. O Tempo Franciscano destina-se aos alunos da Educação Infantil, do Ensino Fundamental e Ensino Médio de cada Unidade Bom Jesus. Em 2016, o projeto do Tempo Franciscano deverá atingir aproximadamente 23 mil alunos nessas referidas semanas, além dos familiares desses alunos, funcionários e professores do Colégio Bom Jesus.

Site Franciscanos – Que tipo de atividades serão realizadas?

Frei Claudino – Elaboramos com muito zelo um livreto de 76 páginas para o Tempo Franciscano em que constam: os objetivos do Tempo Franciscano; uma breve fundamentação com base em publicações de pesquisas sobre o tema já mencionado; uma seção de propostas de atividades específicas para alunos dos segmentos da Educação Infantil, outra seção também específica para os alunos do Ensino Fundamental e outra para os alunos do Ensino Médio; e, ao final, uma seção com algumas ilustrações inéditas à luz de cada estrofe do Cântico do Irmão Sol, seja para impressão no formato de banner, de faixa ou de cartaz.

Além das propostas de atividades para serem desenvolvidas especificamente em sala de aula, constam no referido livreto sugestões de atividades a serem realizadas no início de cada período letivo ou nos intervalos das aulas tais como: montagem do Espaço Francisco, breves orações, reflexões, jograis, canções, teatros, painéis, paródias, declamação de poesias, caricaturas de Francisco, confecção de breves mensagens franciscanas a serem entregues às famílias próximas às Unidades Bom Jesus, celebrações ou bênçãos.

Em cada uma dessas mencionadas atividades ou momentos, os objetivos estabelecidos convergem para: favorecer uma relação entre o Cântico do Irmão Sol de São Francisco de Assis e a proposta educacional do Colégio Bom Jesus junto aos alunos; identificar em São Francisco de Assis uma inspiração à convocação divina tanto para o discernimento do sentido da vida, quanto à instauração de uma convivência fraterna e respeitosa no cotidiano educacional; refletir sobre a importância do Cântico do Irmão Sol, de São Francisco de Assis, em meio às relações humanas, seja no âmbito familiar, seja no educacional, social ou religioso; fazer do Tempo Franciscano (setembro e outubro de 2016) um momento propício para se aprender de São Francisco de Assis a amar a vida e a bendizer a Deus com todas as suas criaturas, entre outras coisas.

Site Franciscanos – Que contribuições a espiritualidade franciscana traz para a educação?

Frei Claudino – Inúmeras podem ser as contribuições das Fontes Franciscanas à educação das atuais gerações. Enquanto as disciplinas escolares oportunizam a aprendizagem fragmentada de cada área do conhecimento, as Fontes Franciscanas possibilitam encontrar fundamentos à formação integral do aluno de hoje. Possibilitam – com a devida transposição didática – ajudar os alunos a identificar na trajetória do menino e jovem Francisco um exemplo de como perseverar no caminho da fé e no cultivo de virtudes tais como a cortesia para com todos, a generosidade com os pobres, o cuidado com os leprosos, a alegria, a humildade, a fraternidade, entre outras. Possibilitam, enfim, encantar os alunos de hoje a também – tal como São Francisco em seu tempo – a cuidar da criação de Deus, a ir ao encontro dos menos favorecidos, a servir cada pessoa com alegria e humildade, a cantar e a envolver todas as criaturas no louvor a Deus.

Na educação, o segredo é não querer falar tudo de São Francisco a todo instante. Mas, tal como fizemos para a elaboração do livreto do Tempo Franciscano desse ano de 2016, identificar um tema franciscano que seja oportuno e, com base nas Fontes e na Espiritualidade Franciscana, propor e desenvolver atividades afins com os alunos e seus familiares.

VEJA TAMBÉM

Tempo Franciscano: um canto sobre a vida
Tempo Franciscano: gratidão pela vida