Vida CristãFrei AlmirSagrado Coração de Jesus › 30/11/2016

Sagrado Coração: Uma fonte aberta no peito de Jesus

Sempre de novo os devotos do  Coração do Redentor contemplam o lado aberto no peito do Mestre pela lança do soldado, depois que ele havia morrido.  Tema profundo e inesgotável.  Uma fresta,  uma cavidade, uma fonte.  O elemento que caracteriza a contemplação do lado aberto é a interioridade do mistério da transfixão pela lança.  Uma cavidade no rochedo, um abrigo, mas sobretudo uma  fonte. Do mais íntimo do Senhor  brota o Espírito que se derrama no coração do fiel no qual Deus estabelece sua morada. Para os Padres da Igreja não se trata tanto de fixar o olhar no Coração de  Cristo, mas  atingir a fonte de água que brota do peito traspassado. Agua que é dom do Espírito.

coracao_301116Belas e profundas estas palavras de Santo Ambrósio:

“Matai vossa sede em Cristo, porque ele é rochedo de onde brota a água.

 Matai a sede em Cristo, porque ele é fonte de vida.

 Matai a sede em Cristo, porque ele o rio que alegra a cidade de Deus.

  Matai a sede em Cristo, porque ele é a paz.

  Matai a sede em Cristo, porque rios de água viva  jorram de seu seio”.

 A Igreja também nasce do lado aberto. Assim, o tema da Igreja se liga ao peito aberto. Necessário lembrar a doutrina paulina que vê em Adão figura tipo de Cristo. Os mistério de Adão ser realizam em Cristo.  Eva, a mãe dos viventes, teve sua origem no lado de Adão adormecido, a Igreja nasce do Lado traspassado do Novo Adão.

A água do Espírito derramado em nós tem sua origem no peito do Senhor.  A Igreja, esposa do Senhor, a  nova Eva, nasce do lado morto do amado Jesus.

São coisas do Coração de Jesus.