A InstituiçãoNotícias › 20/03/2017

OFM: Animadores vocacionais se reúnem em Bacabal

sav_200317

A Conferência dos Frades Menores do Brasil (CFMB) tem como uma de suas preocupações principais o cuidado pastoral das vocações. Este trabalho é mais conhecido como Serviço de Animação Vocacional (SAV). Desta forma, para uma melhor articulação desta frente de trabalhos da CFMB, é proposto que os irmãos coordenadores da Pastoral Vocacional das várias entidades franciscanas no Brasil se reúnam anualmente para partilharem suas atividades e se organizarem um trabalho conjunto.

A partir deste enfoque, a cidade de Bacabal, no interior do estado do Maranhão, recebeu o Encontro Nacional dos Animadores Vocacionais, que contou com a presença de nove frades. Os mesmos estiveram reunidos de 14 a 16 de março de 2017, no Centro Franciscano de Animação Missionária (CEFRAM), da Província Franciscana Nossa Senhora da Assunção. Da Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil participaram do encontro Frei Diego Atalino de Melo, animador do SAV Provincial e coordenador do SAV-CFMB, e Frei Gabriel Dellandrea, em ano missionário neste mesmo serviço.

sav_200317_3No primeiro dia os animadores conheceram um pouco mais da província anfitriã, com algumas explicações e aspectos históricos oferecidos pelo ministro provincial local, Frei Bernardo de Souza Brandão Neto. Além disso, os frades refletiram o texto-base para o Sínodo dos Bispos que vai acontecer em outubro de 2018, com o tema: “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”. O trabalho de leitura e reflexão rendeu muitos comentários e partilhas acerca dos acenos oferecidos pelo documento sobre a juventude na Igreja hoje. Os participantes expuseram suas iniciativas frente aos apelos da juventude em suas entidades franciscanas e responderam o questionário proposto pelo documento, buscando oferecer luzes ao próprio Sínodo, com uma contribuição enquanto SAV-CFMB.

Além desta apreciação do documento, os animadores tiveram a oportunidade de conhecer os jovens postulantes da Província anfitriã, visitando a casa onde acontece o Postulantado. Por fim, já no CEFRAM, os frades reunidos pensaram algumas sugestões e propostas para o Encontro Nacional de Jovens Franciscanos, a acontecer em julho de 2018, na cidade de Vila Velha/ES.

O segundo dia do encontro foi voltado para a continuidade das respostas frente ao questionário do Documento Preparatório do Sínodo. Além disso, houve um momento destinado às partilhas das realidades da animação vocacional nas diferentes fraternidades franciscanas. Cada confrade explanou suas atividades propostas aos jovens, suas alegrias e também alguns desafios enfrentados. Também houve momento oportuno para a partilha sobre os momentos fortes preparados para animação da juventude, como as Caminhadas Franciscanas, Marchas Franciscanas, Missões Franciscanas e Movimentos de Diálogo Ecumênico entre jovens, com a finalidade de implantar uma cultura de paz.

Neste contexto, para dar continuidade aos trabalhos, todos os frades animadores vocacionais tomaram conhecimento da agenda proposta para os próximos momentos de encontro, experiências missionárias e reuniões. Além disso, na missa das 19h da Paróquia São Francisco das Chagas, em Bacabal, os frades puderam celebrar junto com o povo a Eucaristia. Por fim, a fraternidade local se reuniu em confraternização alegre pelo bom andamento do encontro.

sav_200317_4O último dia do encontro foi um momento de convivência e passeio preparado pelos frades da província anfitriã. Frei Lucas Lisi Rodrigues, da Custódia do Sagrado Coração de Jesus caracterizou que “o encontro com os demais frades da conferência, gera um desejo de continuidade, de coparticipação da vida e missão, de partilha e fraternidade, de alegria e troca de experiências a cerca do grande desafio de ser luz, que ilumina a vida de todos os jovens que nos procuram”.

Um fato marcante acontecido nesse dia de encontro foi a repercussão de uma foto nossa (ao lado). Como nesse dia estavam acontecendo protestos e paralisações por todo o Brasil contra a Reforma da Previdência, os animadores vocacionais também se fizeram solidários e postaram uma foto de hábito na qual se lia #nóssomoscontraareformadaprevidencia. Tal postagem, para surpresa de todos, foi ganhando repercussão ao longo do dia nas mais diferentes mídias, alcançando jornais, sites, perfis de personalidades conhecidas e atingindo a um número inimaginável de pessoas. De modo geral, concluiu-se, mais uma vez, que nossa evangelização nunca pode estar desvinculada da realidade e do contexto em que estamos inseridos, pois acreditamos que tal empatia com a vida do povo é que gerará maior proximidade com as pessoas e, consequentemente, mais vocações.

Por fim, após esses dias de encontro, cada frade retornou para a sua realidade renovado no desejo de continuar realizando sua missão enquanto animador vocacional, fazendo da sua própria alegria em ser frade menor o melhor testemunho e anúncio vocacional.

Texto: Frei Gabriel Dellandrea

sav_200317_2