Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 05/07/2017

Os endemoninhados de Gadara

Tempo Comum

sabor_050717Mt 8,28-34

“Que é que há entre nós, Filho de Deus? Vieste aqui para nos atormentar antes do tempo?”

Deus enviou seu Filho ao mundo para que todos tenham vida em plenitude e em abundância. O compromisso de Jesus em sua manifestação é para com a busca do reino celestial, da justiça e da vida. Sua missão atrai as pessoas mais necessitadas do auxílio divino, de valores e princípios evangélicos capazes de dar um novo caráter à cultura judaica. Jesus faz-se distinto dos judeus, que excluíam as pessoas com enfermidade do seio comunitário por causa de preconceitos e indica novos componentes da sua ação: promover a paz, ensinar, pregar, curar, e revelar à vontade do Pai à humanidade inteira, sem distinção, para que todo aquele que progride nas virtudes encontre a coroa da vida eterna.

A salvação vem da fé, mas pelos sacramentos o Espírito aumenta a graça àquele que observa os ensinamentos do Senhor que, por amor e misericórdia, soube ouvir a voz do Pai e veio ao mundo a fim de que todo aquele que acredita na sua Palavra não ande nas trevas, mas encontre luz, vida e verdade.

O Filho do Homem, mesmo sendo todo poderoso e juiz dos povos, não veio ao mundo para julgá-lo e condená-lo, mas para dar a sua própria vida em resgate de todos, principalmente dos mais pequeninos e dos desprezados, e nisto consiste a sua verdadeira missão: libertar os cativos, dar vista aos cegos, devolver a fala aos mudos e curar os doentes.

Reflexão feita pelos noviços.