Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 03/08/2017

Na rede do bem

Tempo Comum

sabor_280717_3Mt 13, 47-53


“O Reino dos Céus é como uma rede lançada ao mar, e recolhe todo tipo de peixe.” (Mt 13,47).


Com esta parábola da rede lançada ao mar, Mateus encerra sua coletânea de dez parábolas apresentadas como um discurso de Jesus. Há bastante semelhança com a explicação da parábola do trigo e do joio. As redes, quando ficam cheias de

peixes são levadas à praia. Ali, os pescadores separam os bons em cestos. Os maus são jogados fora. Jesus diz que assim será no fim do mundo. De certa forma, Jesus diz que devemos buscar o Reino, trabalhar por ele, intensamente, até ter
as “redes cheias”. Quando estas não suportam mais deve ser feita a separação dos bons e dos maus que “serão jogados fora”, ou seja, não gozarão do convívio com os bons.

O nosso futuro está sendo traçado nos passos que estamos dando agora. Ou seja, o que acontecerá naquele dia do juízo final, depende do que estamos fazendo ou deixando de fazer neste instante e nos instantes seguintes da nossa vida.

Por conseguinte, como se refere São Paulo à carta aos Hebreus, nós não temos estadia definitiva aqui na terra, a qualquer instante Deus nos pode chamar para a Sua presença, não hesite de fazer o bem, sê um dos justos nesta rede!

Paz e bem!

Reflexão feita pelos noviços!