Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 15/10/2017

Ser digno do Rei da Vida

Tempo Comum

sabor_151017Mt 22,1-14


Porque muitos são chamados, e poucos são escolhidos.


No Evangelho de hoje, estamos diante do grande banquete nupcial do herdeiro de um grande Rei, festa esta que é motivo de grande alegria e júbilo para todo o Reino. Entretanto, muitos habitantes do Reino nem se importam com esta festividade. Permaneceram em seus afazeres e fizeram pouca conta do convite do Rei. O soberano, porém, mandou seus servos às estradas para convidarem os que por ali passassem. Muitos vieram para a festa. O Rei ficou muito feliz por saber que estes terem aceitado o seu convite, mas durante a festa Ele encontrou um convidado que não estava vestido apropriadamente para a ocasião e o expulsa da festa mandando que fosse jogado “na noite e na escuridão”.

A atitude do Rei pode nos parecer cruel e pesada, mas na verdade quem se excluiu da festa foi o próprio convidado, achado indigno aos olhos do Rei. Aqueles que estão presos no pecado e são marcados por maldades não podem adentrar no Banquete do Rei da Vida. As vestes que nosso Deus quer de todos nós são as praticas da caridade e da misericórdia. Os puros de coração herdarão o Reino dos Céus, eis as vestes que devemos procurar vestir sempre.

Reflexão feita pelos noviços.