Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 16/10/2017

Sinal de Jonas 

Tempo comum

sabor_161017Lc 11, 29-32

“De fato, assim como Jonas foi um sinal para os ninivitas, assim também será o Filho do Homem para esta geração”

No Evangelho de hoje, o Apóstolo Lucas nos traz o relato do povo de Nínive que relembra os sinais de Jonas e de Salomão. Jesus fala sobretudo aos poderosos e doutores da Lei, que em certos momentos desafiam Jesus a exibir algum prodígio espetacular, a fim de convencê-los de que ele é verdadeiramente o Filho de Deus.

Hoje é Jesus que nos transmite suas palavras e suas obras, Ele é o verbo encarnado que assumiu inteiramente nossas fraquezas, que nos ensina a prática da justiça e da fraternidade dentro de uma sociedade gananciosa, fechada dentro de seu orgulho, que quer somente privilégios para a realização de suas próprias vontades. Aqui está alguém que é muito maior que Salomão e Jonas, o Cristo Jesus, Filho de Deus Altíssimo.

O próprio Cristo está presente na Palavra de Deus, Ele é Palavra Viva do Pai entre nós, o sinal visível e transparente da Aliança que Deus fez com seu povo. Jesus nos revela através de suas ações o seu grande amor, por isso, é preciso nos perguntar: “Como está nosso amor por Ele?”.

Portanto, que o bom Jesus nos inspire, através de suas palavras, a prática do bem comum, da justiça, da caridade e da misericórdia.  Que todos vejam em nossos corações os mesmos sentimentos de Filho, que sejamos libertados de nossa arrogância e fraqueza e que tenhamos um verdadeiro espírito de acolhida dos ensinamentos do Filho de Deus.

Reflexão feita pelos noviços.