Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 18/10/2017

Da missão dos apóstolos

Tempo Comum

sabor_181017Lc 10, 1-9

Festa de São Lucas, Evangelista

“O Senhor escolheu outros setenta e dois discípulos, e os enviou dois a dois, na sua frente, para toda cidade e lugar aonde ele próprio devia ir.”

Caríssimos filhos de Deus, a natureza humana foi assumida tão intimamente por Deus, para que Cristo esteja não apenas neste homem, primogênito de toda a criatura, mas também em todos os seus Santos. Disto não podemos duvidar, e como a cabeça não pode separar-se dos membros, também os membros não podem separar-se da cabeça. Se for certo que Deus será tudo em todos não nesta vida, mas na eterna, também é verdade que, desde agora, Ele habita inseparavelmente no seu templo, que é a Igreja e nos que O invocam, conforme sua promessa: eis que Eu estarei convosco todos os dias, até o fim do mundo (Mt 28, 20).

Por conseguinte, tudo quanto o Filho de Deus fez e ensinou para a reconciliação do mundo podemos saber não apenas pela história do passado, mas experimentando-O na eficácia do que Ele realiza no presente. Ele, que tendo nascido da Virgem Mãe pelo poder do Espírito Santo, por ação do mesmo Espírito, fecunda a sua Igreja imaculada, a fim de gerar pelo nascimento batismal, uma inumerável multidão de filhos de Deus.  É deles que se diz: estes não nasceram do sangue nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus mesmo (Jo 1, 13). Por isso, Deus nos envia a cada um para sermos seus instrumentos e operários do seu Reino na construção da Paz e do Bem!

Reflexão feita pelos noviços.