Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 22/10/2017

Buscar o que é de Deus

Tempo Comum

sabor_221017Mt 22, 15-21

“Pois dêem a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus.”

Neste 29º domingo do Tempo Comum somos convidados, enquanto cristãos, a rever nossas prioridades. O que está em primeiro lugar em nossa vida?

Em tempos de consumismo, somos desde a mais remota infância condicionados a lutar por sucesso e poder, os quais nos possibilitarão uma vida de prazer, comodidade, conquistas, possibilidades, obtidas através da força motriz de todo o sistema: o dinheiro.

Na busca insaciável pelo vil metal, somos seduzidos pelas mais diversas propostas de ascensão financeira, pelos inúmeros e cada vez mais persuasivos apelos midiáticos. Assim, na necessidade eminente do “ter para poder consumir”, da ideia de felicidade atrelada ao consumo, passamos a deixar de lado valores outrora fundamentais, e há tempos faz-se notória a má qualidade de nossas relações familiares, sociais e afetivas, o tempo cada vez menor que conseguimos dedicar à nossa saúde, ao lazer, ao cuidado com o próximo e a nossa própria relação com Deus, com o sagrado. Tudo isso parece ter se tornado secundário.

“Eu sou o Senhor e não há outro.” (Is 45,5a) Assim nos fala o Senhor Deus, recordando-nos que Ele deve estar no centro de nossa vida, presente em nosso cotidiano, permeando e norteando nossas atividades, relações, interesses, projetos e realizações. Jesus também, em resposta aos fariseus, recorda-nos que o dinheiro é um meio e não um fim, que este deve estar a serviço do homem e jamais o homem viver em função do dinheiro.

Que possamos rever o que é realmente essencial em nossas vidas e saibamos retornar a Deus tudo que a Ele pertence, revendo nossas prioridades e objetivos, reconhecendo-O como a verdadeira força e o sentido maior de nossa existência.

Reflexão feita pelos noviços.