Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 30/10/2017

A caridade não tem tempo

Tempo Comum

sabor_301017Lc 13 10-17

“Vendo-a, Jesus dirigiu-se a ela, e disse: «Mulher, você está livre da sua doença”

A lei não pode nem deve ser para aprisionar as pessoas e, consequentemente, fechar nossos olhos às necessidades dos irmãos. Esta é a mensagem que o Senhor quer nos transmitir ao curar esta mulher, que há 18 anos sofria com a enfermidade. Ao curar está mulher no dia de sábado, o Senhor elevou este dia na grandeza primeira, quando da criação do mundo, pois Jesus quer que a religião seja um caminho de salvação para homens e mulheres, e não uma instituição rigorosa e fechada em suas leis.

Portanto, a cura desta mulher que andava encurvada é símbolo do povo que sofre, sobrecarregado de pesados fardos nas nossas cidades durante muitos anos, precisando de ajuda para se levantarem e continuarem a sua marcha rumo à felicidade eterna. E por isso, basta dizer “eu quero te ajudar a carregar o teu fardo, como Cristo carregou o nosso”. Com isso, aprendamos de Jesus, que se fez serviço, mostrando que a caridade e o amor devem ser manifestados todos os dias para maior grandeza e glória de Deus.

Reflexão feita pelos noviços.