Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 31/10/2017

E a nossa fé?

Tempo Comum

sabor_311017Lc 13, 18-21

“A semente cresce, torna-se árvore, e as aves do céu fazem seus ninhos nos ramos dela.”

No Evangelho de hoje, Jesus faz uma comparação entre o reino de Deus e um grão de mostarda, que é a menor entre todas as sementes, mas quando jogada em terra fértil cria folhas tão grandes que os pássaros do céu podem se abrigar em suas sombras.

Assim também é a nossa fé, do tamanho deste grão, que quando a jogamos em terra boa ela cresce, e daí só graça chega até nós. A semelhança entre nossa fé e o grão é que ambos crescem quando cultivadas, porém, assim como a mostarda morre se não criar raiz, de igual modo morre a nossa fé se não estiver voltada em Deus. Com efeito, cresça nossa fé, pois, nosso Deus não tem fim, sendo assim também nossa fé n’Ele nunca deve desanimar.

O medo às vezes nos impede de lançar esta semente e deixar que ela germine, sendo assim ela continua sempre mínima. Mas com Cristo vencemos este medo, e lançamos sem medo algum esta semente, para que ela sempre cresça, e cada dia receba mais frutos.

Reflexão feita pelos noviços