Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 21/11/2017

Maria e irmãos de Jesus 

Tempo Comum

sabor_211117Mt 12,46-50

“Todo aquele que faz a vontade do meu Pai que está no céu, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”

Mateus salienta que a família de Jesus são os seus discípulos, isto é, a comunidade que já se dispôs a segui-lo. São eles que trilham o caminho da vontade do Pai. Desse modo, inicia-se uma nova geração, diferente da geração má dos fariseus.

Através de Jesus Cristo, na figura do Filho, torna se visível o Deus invisível, que é Pai amoroso. Ele torna-se como nós. Isto mostra-nos até que ponto vai o amor de Deus: Ele carrega todo o nosso peso. Ele percorre conosco todos os caminhos. Ele está sempre presente em todas as situações difíceis, para nos abrir a porta para a vida. Jesus mostra que sua palavra conduz ao Pai, sendo Caminho, Verdade e Vida. Nele vivemos, nos movemos e existimos. Ele faz-se presente em todos os momentos, mesmo nas ocorrências dolorosas, dando-nos a força necessária para superar.

Muitas vezes, em nossas atividades cotidianas, acabamos esquecendo o quão próximo este Deus está de cada um de nós. Tal qual um pai ou uma mãe, um irmão mais velho, sempre atento e disposto a ajudar, orientar, apontar e iluminar o caminho. Confiemos pois, n’Aquele que mesmo tão grande fez-se pequeno, acessível, fez-se família para que pudéssemos ser reconduzidos ao caminho da salvação.

Reflexão feita pelos noviços