Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 21/12/2017

Maria, exemplo de caridade

Tempo do Advento

sabor_211217Lc 1,39-45


“Bem-aventurada aquela que acreditou, porque vai acontecer o que o Senhor lhe prometeu”


Hoje o evangelho nos convida a um ato muito profundo, que deve emanar do nosso coração: a caridade. Quando estamos cheios do Espírito do Senhor, não nos achamos melhores, nem nos escondemos, mas nos colocamos em serviço do próximo, na prática da caridade. Efetivamente, a pessoa não se deixa levar por sua vontade, mas sim pelo projeto de Deus. Assim, neste caminhar, o evangelho nos apresenta a Virgem Maria como modelo de caridade, pois, ela, sabendo da condição de sua prima, partiu apressadamente para se colocar em auxílio dela.

Foi também neste partir de Maria ao encontro de Isabel que ouvimos a fala que se tornou fala do povo cristão: “a mãe do meu Senhor” (Vs. 43). E, verdadeiramente, Maria é a Mãe do Senhor, pois, Ela acreditou e confiou nas palavras do Senhor seu Deus. Por isso, ela se tornou bendita entre todos os seres, não só porque deu a luz ao Criador, mas antes porque acreditou e deu o seu sim a Deus. Neste contexto, Ela caminha ao lado daqueles que sofrem e pedem o seu amparo como mãe da caridade a exemplo de seu Filho e Senhor.

Contudo todo discípulo, que diz sim ao projeto de Deus deve como Maria, estar preparado (a) e disponível, a percorrer os caminhos da caridade em favor daqueles que necessitam de nossa ajuda, pois, como o menino exaltou no ventre de Isabel com a visita de Maria, também os muitos filhos do Senhor que sofrem se alegraram com o nosso pequeno gesto de caridade que a eles fazermos.

Reflexão feita pelos noviços.