Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 01/01/2018

O menino Jesus na manjedoura

Oitava do Natal

sabor_010118Lc 2,16-21

“Foram com grande pressa e acharam Maria e José, e o menino deitado na manjedoura. Vendo-o, contaram o que se lhes havia dito a respeito deste menino. Todos os que os ouviam admiravam-se das coisas que lhes contavam os pastores.” (Lc 2,16-18)

 

Cristo é o começo e o fim, por isso, com o nascimento d’Ele começa a história do esperado por todos. A luz veio até nós, se antes vivíamos nas trevas agora o próprio Deus nos enviou o seu Filho com a missão de nos resgatar e nos remir do pecado. Os anjos anunciam o seu nascimento aos pastores; está no meio de nós o “Emanuel” Deus Conosco. Neste ano novo que estamos a celebrar o Senhor nos presenteia com o seu bem maior, o seu Filho, assim neste primeiro dia do ano o Evangelho nos fala dum menino. Uma criança é sempre um sinal de unidade, amor, esperança e comprometimento.

Por conseguinte, situando o tempo em que Jesus nasce, é motivo de nos questionarmos, por que o filho de Deus nasce num lugar desprotegido, sem conforto e sem segurança? Significa que Ele quis mostrar pra nós que o nosso ser é fundamentalmente simples deve ser confiante na misericórdia e graça de Deus. Com confiança e fé iniciemos este novo ano tomando como exemplo Nosso Senhor e sua Santa Mãe. Nosso mundo carece dessa mensagem de paz e amor. Que nesse ano sejamos sempre colaboradores da construção do Reino e na generosidade do nosso coração possamos ser os braços estendidos em ajuda aos que mais necessitam. Louvado seja Deus por mais um ano. Feliz ano novo!

Reflexão feita pelos noviços.