Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 19/01/2018

A escolha dos doze

Tempo Comum

sabor_190118Mc 3, 13-19


“Jesus subiu ao monte e chamou os que desejava escolher.” (Mc 3, 13)


O Evangelho de São Marcos nos convida a uma renúncia dos critérios da lógica humana enquanto se apropria da “loucura de Deus”. Dentre a multidão, Jesus escolhe 12 discípulos para formar uma pequena comunidade de convivência e missão.

Assim também cada um de nós é chamado a esta união com Cristo, que é a luz do mundo, do qual procedemos, por quem vivemos e para quem tendemos. Da mesma forma, como os discípulos, apesar das suas atividades anteriores na pesca, cobrança de impostos e outros, também se colocaram na missão de anunciar o reino de Deus, de mergulhar nessa “loucura” de aceitar o modo divino de pensar e de conversão, aceitando todo o sofrimento que haveria de vir em função desta escolha.

Caríssimos, coloquemo-nos nesta dinâmica do discipulado, renunciando às atitudes negativas e aderindo ao verdadeiro amor. Pois justamente por sermos amados, sabemos que somos amados também e, por isso, capazes de nos amarmos uns aos outros. Quando nos amamos uns aos outros, gratuita e incondicionalmente, mostramos que somos discípulos de Jesus.

Reflexão feita pelos noviços.