Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 23/01/2018

A nova família de Jesus

Tempo Comum

sabor_230118Mc 3, 31-35


“Quem faz a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe” (Mc 3, 35).


Hoje a Palavra do Senhor nos revela que, através do mistério da encarnação, o Filho do Homem fez-se semelhante a nós, assumindo a condição de escravo, para completar e dar plenitude a vontade perfeita do Pai, que diariamente nos chama a santificação e abre as portas da graça, para que arrependidos não morramos, mas vivamos perpetuamente na sua glória.

Todo cristão estabelece uma aliança santa e filial com Deus na medida em que pensa, fala e age conforme os seus preceitos, pois Ele mesmo diz: “Já não vos chamarei mais de escravos nem servos enquanto fizerdes o que eu vos digo, mas sim de amigos.” Assim, o Evangelho nos traz a figura de Jesus, que sendo Deus, não se apegou a sua condição divina, mas com humildade e obediência aniquilou-se para ser tudo em todos.

Vivemos uma época de muita poluição sonora, excesso de informação e estímulos, onde se fala muito, se ouve pouco e não se faz quase nada, onde a ganância, a ambição desmedida, tomou o lugar da compaixão, da caridade, da partilha e da misericórdia.

É preciso rememorar a oração do Pai-Nosso: “Seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu”, conformando-nos novamente aos caminhos e do Senhor, agindo e transformando o mundo de acordo com a Sua vontade.

Reflexão feita pelos noviços.