Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 26/01/2018

Jesus pede operários para a messe

Tempo Comum

sabor_260118Lc 10,1-9


“A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos” (Lc 10,2)


No Evangelho de hoje, Lucas narra a missão dos setenta e dois. Jesus enviou-os dois a dois para os lugares mais distantes e inóspitos, a fim de pregarem sua Boa Nova a toda criatura. Recomendou-os também a não levarem bolsas, sacolas ou sandálias. Nestas palavras, Jesus nos mostra que todo aquele que vai em missão não deve se preocupar com absolutamente nada. O que realmente importa é estar imbuído do Espírito Santo, preenchido de fé e confiança em Deus. Ele tudo proverá.

Jesus, ao dizer que “a colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos”, revela-nos a imensidão de seu projeto salvífico, bem como a escassez de trabalhadores dispostos a encarar tal desafio, doando-se integralmente na defesa da justiça, na construção de seu Reino.

A ação missionaria cabe a todo o povo de Deus e não só aos consagrados, religiosos ou sacerdotes. Ela é dever de todo o cristão batizado. Deus acredita em nossa capacidade, tanto é verdade que mesmo sendo onipotente, quis precisar de cada um de nós para tal tarefa. Portanto, cabe a nós correspondermos a este convite dando nosso sim, abraçando a missão que nos é confiada com fé, esperança e caridade refletidas em palavras e gestos concretos.

Reflexão feita pelos noviços.