Vida CristãFrei AlmirO Sabor da Palavra › 11/02/2018

Cura de um leproso

Tempo Comum

sabor_110218Mc 1, 40-45


“Se queres, tu tens o poder de me purificar.”


No Evangelho de hoje, identificamos a atitude do leproso ao aproximar-se de Jesus para ser purificado. O leproso sabe que está agindo mal, por isso, põe-se de joelhos. Ele não tem coragem de falar com Jesus de frente. A partir do chão, lhe dirige uma súplica: “Se queres, tens o poder de purificar-me”. Ele sabe que Jesus pode curá-lo, por isso pede com fé. Causa surpresa a emoção que a proximidade do leproso produz em Jesus. Diante da situação daquele pobre homem, Jesus fica muito comovido. Transborda nele a ternura que vem do Pai.

Como não o curaria, se é todo amor e compaixão? Como não o atender, se dedicou sua vida por seus irmãos e irmãs indefesos e desprezados? Então, seguir Jesus significa não considerar o próximo como impuro ou excluído da sociedade, não negar desprezar aquele que a sociedade em si excluiu. Devemos imitar as ações de Jesus, que sempre foi o primeiro a acolher as pessoas que sofrem em seus braços.

Reflexão feita pelos noviços.