Vida CristãSantos franciscanos › 03/12/2017

Bem-aventurada Maria Encarnación

Bem-aventurada Maria Encarnación

Bem-aventurada Maria Encarnación

(1820-1886) Virgem, Terceira Ordem Regular. Beatificada por João Paulo II
no dia 4 de maio de 1997.

Bem-aventurada María Encarnación (Vicenta) Rosal nasceu em Quetzaltenango, Guatemala, no dia 26 de outubro de 1820, num lar cristão, cresceu em um ambiente de fé. Aos 15 anos ingressou na congregação dos Padres de Belém, fundada pelo Beato Pedro Betancour.

Em 16 de julho recebeu o hábito das mãos do último padre Belemita, Frei José de San Martín, e tomou o nome de María Encarnación del Sagrado Corazón. Tornou-se reformadora da congregação e fundou casas também na Colômbia e no Equador.

Foi condenada ao desterro  pelas autoridades da Guatemala e morreu no Equador, em 24 de agosto de 1886. Seu instituto trabalha atualmente em 13 países.

 

 

 

Bem-aventurado Rafael Chylinski

Bem-aventurado Rafael Chylinski

Bem-aventurado Rafael Chylinski    

(1694-1741) Sacerdote da 1ª Ordem. Beatificado por João Paulo II, dia 9 de junho de 1991.

Nasceu em Wysoczka (Polônia) em 1694, recebendo o batismo com o nome de Melquior. Após os anos de formação, alistou-se no exercito polonês, deixando-o em 1715 para entrar na Ordem dos Frades Menores Conventuais. Foi ordenado sacerdote em 1717. Destacou-se pela sua piedade e devoção que soube unir de modo admirável com o exercito da pregação e do serviço heróico aos pobres e doentes. Aos que acorriam numerosos distribuía alimentos e roupas, tendo o cuidado de distribuir-lhes, juntamente com o pão material, o pão da fé e da esperança. Durante os anos da peste (1736-1738) prestou seu serviço quase ininterruptamente aos doentes, merecendo o apelativo de “apóstolo do hospital de Cracóvia”. Morreu a 2 de Dezembro de 1741. Foi beatificado pelo Papa João Paulo II em Varsóvia, na Polônia, a 9 de Junho de 1991.

Fonte: “Santos Franciscanos para cada dia”, Ed. Porziuncola.