Vida CristãSantos franciscanos › 11/12/2017

Bem-aventurado Hugolino Magalotti

Bem-aventurado Hugolino MagalottiErmitão, Terceira Ordem (+ 1373). Aprovou seu culto Pio IX em 4 de outubro de 1856.

Hugolino Magalotti nasceu em Camerino, nas Marcas, de família nobre e antiga. Logo tornou-se órfão de mãe e não muito tempo depois de pai também.

Quando jovem, era inclinado à piedade e à leitura de livros sagrados. Tendo integrado a Ordem Franciscana Secular, distribuiu entre os pobres todos os seus pertences e se retirou para a vida eremítica. Passou por tentações violentas e aparições monstruosas e seu nome se tornou famoso pelos milagres, a ponto de ter de mudar de eremitério para se esconder dos curiosos.

De vez em quando costumava ir ao Riosacro, mosteiro vizinho para receber os sacramentos. Seu leito usual era uma tábua lisa.

O primeiro eremitério de Hugolino ficava nas encostas do Monte Ragnolo, não muito longe das cabeceiras do rio Tenna. Ali realizou vários milagres. Como sentia necessidade da vida contemplativa, mudou-se para o outro lado do monte Ragnolo, numa localidade cercada de rochas, na proximidade de Fiegni. Ali voltou a intensificar a sua vida de penitência e de íntima união com Deus. Conta-se a lenda que, com a oração, ele fez brotar uma fonte de água limpa que hoje é usada por seus devotos.

Consumido pelos jejuns e penitências, sob o peso dos anos, Hugolino sentia chegar a sua hora. E a irmã morte chegou no dia 11 de dezembro de 1373. A constante veneração tributada às suas relíquias e os milagres que fizeram glorioso seu sepulcro, moveram o Papa Pio IX a aprovar seu culto em 4 de dezembro de 1856.

Fonte: “Santos Franciscanos para cada dia”, Ed. Porziuncola